Casa de Criadores #2

Texto por Roberta Maria de Padua @bta_maria
Fotos por João Roma @joao_roma.

Nessa terça-feira (09) a Casa de Criadores recebeu para o seu segundo dia de desfiles as marcas homônimas; Karin Feller, Ben e Fabia Bercsek. Além do desfile "Perfume de Vestir" por Natura que convidou 07 criadores da Casa (Fabia Bercsek, Fernando Cozendey, Också, Rober Dognani, Tarcísio Brandão e Weider Silveiro) que interpretaram fragrâncias por meio de suas criações.

A Ocksa, que desfila pela segundo dia consecutivo a convite da Natura, mostrou a que veio. Inspirada em degradê de cores e cheiros, criaram peças fluidas, drapeadas, com caráter artesanal construídas em moulage e costuradas a mão. Para agregar os elementos naturais encontrados também nas fragrâncias, as roupas foram tingidas com alfafa e anil. Além de terem usado os tecidos do "Casulo Feliz", que utiliza casulos de seda refutados pela indústria, preservando a fauna brasileira.

Unindo tecnologia e arte, Fabia Bercsek traz uma coleção inspirada em uniformes de diferentes épocas, desconstruindo-os a partir dos diferentes tipos de mulher, da mais moderna a mais clássica. Sob um denim tecnológico produzido pela Rhodia, chamado "Emana", que reage ao calor humano, prometendo bem estar e melhor circulação. os jeans carregam uma ilustração feita por ela, a mão; onde ela justifica seu trabalho enquanto artista e que a levou para o ramo da moda.Na coleção há também cinco peças see now- buy now, que são apresentadas na passarela podendo ser adquirida no mesmo instante pelo site passarela.com.br.

Cansado de certos clichês da moda, A Ben desfila uma coleção baseada no ludismo. Um mundo de sonhos unido ao universo tribal, que segundo ele se faz necessário dentro dos tempos de crise e reacionismo que vivemos atualmente. "Tudo tá tão difícil, não somente em termos econômicos. Eu diria que vale um tema mais feliz. Sabe ?! contar uma estória mais doce para as pessoas." disse Ben. A coleção é composta por bastante malharia e neoprene, especialidade do estilista, mesclado a materiais alternativos - plástico e uma variedade de tecidos sintéticos.

A beleza impecável da Ben ficou por conta de André Matos, makeup artist vinculado a agência Amuse-Ment. Ele trabalhou com três tipos de beleza que partiram de um mix de referências tribais e indígenas “com uma pegada no gender”, que incluía a aplicação de pedras sintéticas na face de uma das modelos, também presentes em algumas peças.