Mama Shelter e o novo conceito de hotelaria

Fotos e Texto: Roberta Graham 

Os primeiros anos do século XXI já foram suficientes para nos dar uma prévia do mundo que vem a seguir. Enquanto no passado vivíamos uma realidade muito mais preta e branca, com conceitos muito definidos de certo e errado, riqueza e pobreza, luxo e lixo, hoje acordamos e dormimos numa sociedade com matizes de cinza. Até conceitos outrora considerados parte da natureza, como masculino e feminino, começam a ser questionados. 

O segmento de hotelaria foi dividido de maneira prática e maniqueísta até um passado recente. Os hotéis de luxo ostentavam grandes salões com lustres de cristal e pisos de mármore, enquanto as opções mais econômicas eram empacotadas com luz fria e carpete estampado. Quando os hotéis boutique começaram a surgir, um sinal de que existia um consumidor no meio dessas duas pontas apareceu. 

O Mama Shelter, uma cadeira de hotéis francesa idealizada e tocada por Serge Trigano (seus dois filhos - Benjamin e Jeremie - se juntaram mais tarde à operação) não se enquadra exatamente em nenhum dos segmentos descritos anteriormente. Na verdade, a proposta é que os hotéis sejam áreas de convívio e lazer, que possuem quartos como um atrativo extra, ao invés de um hotel cheio de quartos que conta com um bar e um restaurante para entreter os hóspedes. O turista moderno não é mais o mesmo. Hoje, o tempo de estadia nas cidades é mais curto e o viajante foi tornando-se mais urbano. Para satisfazê-lo, é preciso pensar em como agregá-lo na cultura local em todas as fases da experiência de estadia. 

A rede ACCORHOTELS, parceira do Mama Shelter, decidiu abriu a primeira unidade da marca na América Latina no Rio de Janeiro, no bairro favorito dos franceses - Santa Teresa. Os planos de expansão envolvem a abertura de hotéis em São Paulo, Buenos Aires e Bogotá, em seguida. A instalação, que conta com 55 quartos a princípio, pode ganhar uma expansão com mais 40. A decoração é descomplicada: não existem armários - por exemplo. A intenção é que o hóspede deixe sua mala aberta e vá curtir a cidade. A cidade, aliás, foi levada para dentro das paredes do hotel. Todos os objetos de decoração, das almofadas aos lustres, foram produzidos por artistas locais. O Mama Shelter abre suas portas oficialmente no dia 15 de setembro.